quinta-feira, dezembro 21, 2006

A Razão da Linha do Norte

linha do norte
O Tribunal de Contas produziu recentemente um relatório sobre a modernização da linha dos Caminhos de Ferro do Norte, obra da REFER que dura há 10 anos e cuja conclusão não está à vista.
No relatório do TC vemos que até hoje foram GASTOS mil milhões de euros, ou seja, mais 20% do que estava inicialmente estimado para esta obra. Por aqui podemos ver que as comissões encapotadas já ultrapassaram em muito os 10% habituais...
O relatório revela ainda que existiram empreitadas que foram adjudicadas depois de terem sido realizadas (?), e que se teriam poupado quinze milhões de euros se tivessem sido escolhidas as propostas mais competitivas.
O relatório do Tribunal de Contas revela, em suma, a incapacidade e falta de transparência da REFER nesta obra pública, realizada (como outras tantas) à custa dos contribuintes.
Mas a parte mais divertida do relatório está na sua conclusão: nela, o Tribunal de Contas recomenda que, de futuro, a REFER controle melhor os seus custos.
Mas que merda de conclusão é esta? É para isto que serve um relatório do Tribunal de Contas? Então estes gajos concluem que a malta da REFER anda a roubar à grande e à francesa nos últimos dez anos e a única coisa que fazem é dizer para os meninos terem mais cuidado a roubar?? E que tal demitirem toda a administração da REFER? E que tal prendê-los por gestão danosa de dinheiros públicos? E que tal contratar uma tribo somali fresquinha para alargar o esfíncter de cada membro do conselho de administração?