terça-feira, março 14, 2006

A Razão dos Eleitos

eleitos

Em caso de pandemia do virus da gripe das aves o Governo desta telenovela mexicana tem preparadas 100.000 vacinas antivirais destinadas, segundo a Direcção Geral da Saúde, a 100.000 portugueses considerados «fundamentais para o país».

Isto leva-me a pensar o que tornará um português fundamental para o seu país e sob que óptica? Naturalmente que houve alguém algures no aparelho do Estado que decidiu quem era fundamental e quem era dispensável. Mas a minha questão é: quem tomou essa decisão é fundamental para o país? Fundamental para tomar este tipo de decisões dignas de um verdadeiro labrego bandalho e para vir alardeá-las para a imprensa? Fundamental para conhecer não uma, mas duas tribos inteiras de somalis untadinhos, e com a testosterona alterada quimicamente para sodomizar fundamentalmente tudo o que mexa?
Pessoalmente acho que se há por aí uma besta que acha que há 100.000 gajos fundamentais para o país é porque não tem mesmo a noção de que isto é um país, e não uma choldra entregue a meia dúzia de «eleitos» por 99,9% dos tais portugueses «não fundamentais».
Só uma coisa me alegra nesta decisão: não haverá vacinas para os políticos – duvido que consigam convencer alguém que estas alimárias são fundamentais para o que quer que seja.