quinta-feira, novembro 24, 2005

A Razão Feudal

Li ontem que sempre que utilizar o aeroporto da Portela vou pagar uma taxa de sete euros para ajudar a pagar o aeroporto da OTA. Aqui está mais um excelente exemplo labrego da política económica de Sócrates: tome-se as decisões arbitrárias e tendenciosas que se quiser e faça-se os cidadãos pagarem mais uma taxa, para além dos impostos e do IRS. Daqui por uns anos, os alunos de ciência política das universidades portuguesas vão aprender com alguma surpresa que, no início do século XXI, um conjunto de imbecis liderados por um engenheiro, recriou um sistema de feudalismo económico semelhante ao que se praticava no século V.
Para mim não existe apenas uma forma de ditadura. Temos a ditadura política que cala e elimina toda a forma de oposição. E depois temos a ditadura económica, ainda mais perigosa porque surge sob uma falsa capa de democracia, e que paulatinamente vai sugando os cidadãos com uma taxa aqui, uma taxa ali, um agravamento aqui, um imposto acolá, e assim sucessivamente até à inconsciência.

Só um engenheiro é incapaz de perceber que este sistema feudal vai estrangular o país no médio prazo... mas também quem disse que ele vai querer cá estar no médio prazo?