quinta-feira, maio 26, 2005

A Razão dos Treinadores de Bancada

treinadores

Em Portugal há uma mania de mandar uns bitates inconsequentes sobre tudo e mais alguma, mesmo que não se perceba um chavelho do que se está a dizer. É o chamado Treino de Bancada.
Os treinadores de bancada estão normalmente associados ao fenómeno futebolístico, mas esse é o seu nível mais básico. Encontramos treinadores de bancada em todas as áreas: no desporto, nos negócios, nas nossas vidas pessoais, e ultimamente até no Governo eles aparecem a dar os seus bitates de especialistas em inconsequência javarda.
O que me está a deixar preocupado é que, depois do meu post de ontem, comecei a ver os empresários portugueses armados em treinadores de bancada da actuação do Governo quanto a esta questão do défice. Todos acham que, por serem empresários, têm competência para mandar os bitates que lhes apetecer para ensinarem aos rapazes do Executivo (nome enganoso que sugere algum tipo de acção, que nunca chega a acontecer) como se gere o país. Mas mais grave que isso é que estas alimárias gestoras andam a dizer que o melhor mesmo é aumentar os impostos. Querem lá ver que os nabos são mais do que eu pensava? Eu se fosse ao governo fazia uma inspecção económica às empresas desses treinadores de bancada – vai-se a ver e têm défices muito maiores que o do Estado. A julgar pela qualidade dos bitates estamos totalmente entregues à bicharada. Emigrar, meus amigos, é sempre uma opção.