segunda-feira, janeiro 03, 2005

A Razão dos Indecisos

question
Sempre que vejo os resultados de uma sondagem qualquer presto especial atenção aquele último grupo de respostas do “Não Sei/Não Respondo”. E de um modo geral este grupo é representativo, o que demonstra que anda por aí um monte de mamíferos que sabem pouco de qualquer coisa ou que se recusam a responder a uma coisa qualquer. Os primeiros ainda consigo desculpar: a ignorância é da responsabilidade de cada um, e se se é ignorante é porque não se fez um esforço para saber, ou nunca houve essa oportunidade. Ok. Estão desculpados.
Agora os outros javardolas que se predispõem a preencher um questionário, cujo único objectivo é saber a opinião dos inquiridos, e depois se recusam a responder, é que mereciam levar com uma tribo somali pelos glúteos acima. Se não querem responder não sejam inquiridos, suas bestas! É a mesma coisa que aceitar um convite para jantar e depois se recusar a tocar na comida; ou comprar um bilhete de avião para depois se colocar na fila do check in a berrar “Eu não embarco! Eu recuso-me a embarcar!”.
Mas pior que estes cretinóides aparvalhados que enchem as estatísticas nacionais, existe um grupo que me torra completamente a paciência: os indecisos. O indeciso é aquele gajo que nunca sabe exactamente aquilo que quer nem quando quer, nem como quer, nem porque quer. Enfim… um verdadeiro mongo titubeante que, à boa maneira portuguesa, só decide à última da hora.
Portugal é um país de indecisões, e por isso reúne as condições ideais para a proliferação dos indecisos. Agora que estamos à porta (mais uma vez) de eleições, vão começar a aparecer estes bandalhos que só vão decidir se forem coagidos a isso. Lembrei-me por isso de criar um “batalhão decisivo”: rapazes bem constituídos e com um QI ligeiramente superior à nossa polícia de choque, que visitarão os lares dos indecisos promovendo a decisão, usando para isso uns lindos, longos e rijos bastões de baseball que aplicarão sistemática e cirurgicamente nas gengivas de quem tiver dificuldade em tomar uma decisão.
Se quiser ter a certeza se é um indeciso preencha por favor o teste deste post. Se a sua resposta for “d” contacte o número 0810 300 500 e peça para que lhe enviem o batalhão lá a casa. Também fazem domiciliações no escritório. Aos Domingos estão de folga.