quinta-feira, janeiro 06, 2005

Razão Comum

razaocomum
Os políticos têm. As autoridades têm. As monopolistas empresas do estado têm. O funcionalismo público tem. Os patrões têm. Os empregados também. As mulheres têm (oh se têm!). Os filhos têm. Os pais têm. Os homens têm. Os universitários têm. Os professores têm. Os colegas de trabalho têm. O governo tem. O Presidente da República também tem. A oposição idem. Os jornalistas têm. Os sindicalistas têm. Muitos bloggers têm (se não todos). Os engenheiros têm, e não pensem que os doutores lhes ficam atrás. Os informáticos têm. Os dirigentes dos clubes de futebol têm muita. Os jogadores de futebol sempre tiveram. Os gajos do Júlio de Matos continuam a ter. As celebridades têm. Os anónimos têm. Os militares têm. Os civis também. Os animais têm. Os vegetais não sabem. Os empregados de mesa têm. Os profissionais liberais têm. Os enfermeiros têm. Os médicos têm mais do que deviam ter. Os advogados são exímios em ter. Os publicitários têm.
Se toda a gente tem, qual é o problema de hoje eu também ter Falta de Razão?